Receba todas as nossas novidades e conteúdos exclusivos

Início Conteúdos > Série Naturalistas > Carl von Martius

Série Naturalistas - Saint-Hilaire
Carl von Martius                         Postado dia 22/04/2021Naturalista alemão. Veio ao Brasil na Missão Austríaca, como integrante da comitiva de Maria Leopoldina. Suas obras, inspiradas em seus estudos realizados no Brasil, são notáveis; tendo sido a "Flora Brasiliensis", vista até como um legado.









É um tanto instigante pensarmos na diversidade de histórias construídas a cada segundo… mais interessante ainda, é quando essas histórias parecem quase se entrelaçar, criando um enredo propício para as outras ocorrerem! Para von Martius, por exemplo, o fato abaixo teve imensa importância:

"Dom João por graça de Deus, rei do Reino Unido de Portugal e do Brasil e Algarves, d'aquém e d'além mar em África, senhor de Guiné e da conquista, navegação e comércio da Etiópia, Arábia, Pérsia e da Índia sinal público. Faço saber aos que esta minha carta de hipoteca virem. Que nos artigos quarto e oitavo do Tratado ajustado concluído e assinado na corte de Viena aos vinte e nove de mês de novembro do ano de mil oitocentos e dezesseis para os augustos desposórios do príncipe real dom Pedro, meu muito amado e prezado filho, com a sereníssima arquiduquesa da Áustria Carolina Josefa Leopoldina, filha do muito alto e muito poderoso imperador de Áustria, rei de Hungria e de Bohemia, meu bom irmão e primo (...)"
- Adaptado de "O Arquivo Nacional e a História Luso-Brasileira". Carta de d. João VI referente ao dote, contra dote e arras do casamento de seu filho d. Pedro com a arquiduquesa da Áustria d. Carolina Josefa Leopoldina.

Mas afinal, o que isso tem a ver com nosso naturalista?...

Série Naturalistas - Carl von Martius

Carl Martius nasceu na Alemanha, em abril de 1794. Filho de pai farmacêutico, antigamente chamado de boticário - também fundador da Sociedade Real de Botânica, de Regensburg -, Carl escolheu cursar medicina, aos 16 anos, na Universidade Fredericus Alexander. Durante o curso, se dedicou ao estudo da botânica e, em 1814, conquistou o título de doutor com uma tese que serviu como catálogo para o Jardim Botânico de Erlangen. Após ser recomendado pelo colega e zoólogo Johann von Spix , Carl se tornou assistente do botânico Franz Schranck, no Jardim Botânico da Academia de Ciências de Munique.

Foi em 1817 que a história de Carl Martius se encontrou com a história que iniciou esta publicação. Neste ano, Carl embarcou em uma viagem para o Brasil, a convite do rei Maximiliano, que conseguiu reservar seu lugar na Missão Austríaca, como integrante da comitiva de Maria Leopoldina, que estava prestes a se casar com D. Pedro I, imperador do Brasil! E, com um casamento bastante oportuno, Carl Martius pôde, então, vir ao Brasil.

Série Naturalistas - Carl von Martius
Durante sua estadia no país, Carl explorou o território brasileiro ao lado de Johann von Spix e do artista Thomas Ender. Juntos, eles andaram mais de 14.000 Km, passando pelos estados do Amazonas, Pará, Bahia, Pernambuco, Piauí, Maranhão, São Paulo, Minas Gerais e Rio de Janeiro. É... isso é muito chão! Não é à toa que essa se tornou uma expedição célebre, uma vez que resultou na coleta e catalogação de aproximadamente 20mil espécimes de plantas!

Mas o impacto da vinda de Carl Martius para o Brasil não para por aí... ele ainda estudou a distribuição das plantas brasileiras, o clima e a hidrografia das regiões, e essa análise resultou na divisão do país nos diferentes "reinos da flora", ou biomas, como os conhecemos hoje!

Apesar dos bons resultados, a expedição não foi de todo fácil... Carl, ao andar pelo nordeste, relata a pobreza em recursos hídricos da região:

"cactáceas de formas esquisitas defendem os seus últimos hálitos de vida com espinhos venenosos, bromélias cujas folhas afuniladas às vezes escondem um mísero gole de água turva."
Série Naturalistas - Carl von Martius

Outra passagem marcante do naturalista, foi no estado de Minas Gerais, na cidade de Mariana. Hoje, podemos apenas imaginar a sensação que foi estar ali, muitos anos antes do desastre socioambiental que se deu em 2015:

"Seguimos para o arraial de Bento Rodrigues e passamos a noite num rancho, onde, mais uma vez, desfrutamos da beleza da paisagem das montanhas do Caraça"
- Carl Martius

Além de observar as paisagens naturais, Martius também observava as pessoas. Inclusive, ele foi o responsável por elaborar "a primeira classificação e organização dos grupos de línguas indígenas do Brasil", segundo o historiador Pablo Diener, citado por Marcus Lopes. 

Além disso, de forma inovadora, Martius sugeriu, em 1843, que a história do Brasil abrangesse a história dos povos indígenas e dos povos de origem africana - além dos portugueses. Desse modo, todos deveriam ser considerados importantes protagonistas na construção da identidade da nação.

Série Naturalistas - Carl von Martius
Em 1820, porém, Martius precisou antecipar seu retorno à Alemanha, devido a uma doença adquirida por Spix - causando sua morte, em 1826. 

Ao deixar o Brasil, Carl Martius retornou à Munique, onde voltou a trabalhar em seu antigo emprego, no Jardim Botânico. Com sua volta, Carl ainda teve a honra de receber títulos de nobreza, devido ao trabalho realizado na ex-colônia portuguesa - pois é… além da importância de sua pesquisa, von Martius ainda esteve presente no país em um momento histórico, extremamente importante: a independência, em 1822. Assim, Carl Martius se tornou Carl von Martius.

Após sua estadia no Brasil, Martius narra sua aventura pelo país em uma obra intitulada "Viagem pelo Brasil", cujo primeiro volume foi lançado em 1823. Os demais, foram lançados em 1828 e 1831, sendo que o último não contou com a participação de Spix, pois o mesmo havia falecido.
Série Naturalistas - Carl von Martius


Dentre as inúmeras obras que foram impulsionadas pelo trabalho do naturalista, uma possui grande importância: a "Flora Brasiliensis", que contou com a colaboração de 66 botânicos, das mais diversas origens. A obra, que se iniciou com os trabalhos de von Martius, teve seu último volume publicado em 1906.

 Em seus volumes, são discutidas diversas questões a respeito das plantas estudadas, desde sua caracterização, até suas possíveis utilizações no âmbito da medicina e da economia.

Série Naturalistas - Carl von Martius
E, assim como as expedições, a publicação de livros era algo bastante caro. Então como pôde von Martius publicar todas essas obras? 

Com uma rede de conhecidos impressionante, ele contou com o auxílio de D. Pedro II, quem se interessava bastante pelas ciências naturais e, portanto, com o trabalho do naturalista!

Além do sucesso acadêmico, alcançado também pelo cargo de professor universitário, desde 1826; von Martius se tornou diretor do Jardim Botânico em que trabalhava, em 1832. Em 1868, Carl von Martius faleceu com 74 anos, em Munique.


                                                                                                                               Texto de Isabella Azevedo

Lorem ipsum dolor,sit amet consectetur adipisicing elit.

Referências:

> Expedições Artistícas e Científicas do Século XIX. Disponível em: <http://enciclopedia.itaucultural.org.br/termo3783/expedicoes-artisticas-e-cientificas-do-seculo-xix>. Acesso em: abril de 2021.

> Carl Friedrich Philipp von Martius. Disponível em: <https://pt.wikipedia.org/wiki/Carl_Friedrich_Philipp_von_Martius>. Acesso em: abril de 2021.

> Casamento de d. Pedro. Disponível em: <http://historiacolonial.arquivonacional.gov.br/index.php?option=com_content&view=article&id=3514:casamento-de-d-pedro&catid=139&Itemid=283>. Acesso em: abril de 2021.

> LOPES, M. Carl von Martius, o alemão que explorou as entranhas do Brasil e 'batizou' nossa natureza. Disponível em: <https://www.bbc.com/portuguese/brasil-46995817>. Acesso em: abril de 2021.

> MAPA. Carl Friedrich Philipp von Martius. Disponível em: <http://mapa.an.gov.br/index.php/publicacoes/70-assuntos/producao/publicacoes-2/biografias/402-carl-friedrich-philipp-von-martius>. Acesso em: abril de 2021.

> O alemão que mapeou o Brasil. Disponível em: <https://www.dw.com/pt-br/o-alem%C3%A3o-que-mapeou-o-brasil/a-37439108>. Acesso em: abril de 2021.


Créditos das figuras:

Figura 1
> "Porträtt av Martius" by Stockholms Universitetsbibliotek is licensed under CC BY 2.0

Figura 2
"Palmer" by Stockholms Universitetsbibliotek is licensed under CC BY 2.0

Figura 3
> "Palmer i skymningen" by Stockholms Universitetsbibliotek is licensed under CC BY 2.0

Figura 4
> "Capa do livro Reise in Brasilien" by Carl Friedrich Philipp von Martius - Reise in Brasilien. Domínio público

Figura 5
> "Carl Friedrich Philipp von Martius memorial, Botanischer Garten München-Nymphenburg, Munich, Germany" by Daderot. Creative Commons Zero, Public Domain Dedication.

Figura 6
> "Sepultura de Carl Martius no Alter Südfriedhof em Munique" by HubertSt. CC BY-SA 4.0

QUEREMOS OUVIR DE VOCÊ

1
Clique em "Curtir" e seja notificado sobre nossas novidades
2
Inscreva-se e seja notificado quando postarmos mais vídeos
3
Deixe sua dúvida ou comentário!